Stress Hídrico

Por influência das condições meteorológicas que se tem registado nos últimos meses, tempo quente, ventos secos e ausência de precipitação, os soutos começam a apresentar sintomas de stress hídrico.

Caracterizado por folhas enroladas em forma de concha e folhas amarelas ou castanhas, dispersas pela copa da árvore, conforme as imagens apresentadas.

De forma a minimizar estes sintomas que  podem provocar alteração de produção aconselha-se adubação foliar com  fosfitos de potássio, nomeadamente o lignophos, entre outros.